Header Ads

POLÍCIA NÃO TEM MAIS RESPONSABILIDADE SOBRE O CASO BRUNO BORGES





Polícia Civil afirmou que, após depoimentos controversos de amigos e contratos encontrados, desaparecimento ocorreu de forma consciente. Jovem está sumido desde 27 de março.

Brasil - Online Revista - 20 de Julho de 2017 17:22 - Online Revista (Foto Arquivo)

Após as recentes descobertas sobre o desaparecimento do estudante de psicologia Bruno Borges, de 25 anos, a Polícia Civil do Acre afirmou não tratar mais o caso como um crime. Segundo o delegado Alcino Júnior, o depoimento de Marcelo Ferreira, amigo do jovem, e os vários contratos publicitários encontrados na casa dele comprovaram que o sumiço ocorreu de forma consciente, planejada e com ajuda possivelmente de amigos e até mesmo seus próprios familiares. Tudo realmente parece ser uma grande farsa, afirmam pessoas envolvidas no caso que ganhou grande repercussão nacional. Após identificar várias falhas nas histórias contadas pela família, o próprio Fantástico afirmou que o jovem portava alguns transtornos psiquiátricos.

“Não temos mais responsabilidade sobre esse caso. No dia 31 de junho, conseguimos trazer uma confirmação dos motivos reais pelos quais ele acabou se ausentando, para dar destaque nos fatos ocorridos. A partir desse momento, temos interesse em achá-lo, mas se torna uma coisa secundária. Vamos continuar auxiliando no que for necessário”, explicou o delegado.

Marcelo Ferreira, de 25 anos, foi detido por falso testemunho na manhã da quarta e liberado na noite do mesmo dia. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa dele, onde foram achados contratos reconhecidos em cartório que estipulavam porcentagens de ganhos com a venda dos 14 livros criptografados que Bruno deixou antes de sumir, o que já era esperado e a redação de nossa revista frisou desde o início, ainda quando o caso estava na mídia nacional.




Gostou da Reportagem? Não esqueça de curtir nossa página pelo Facebook! 
Este é o nosso maior pagamento.



Nenhum comentário

Comente utilizando a sua conta junto ao Facebook: